[1]
G. GRUDZIEN, M. I. APPEL, e D. MÜLLER MARTINS, “O O ART. 28 DA LEI DE INTRODUÇÃO ÀS NORMAS DO DIREITO BRASILEIRO COMO UMA NECESSÁRIA RELEITURA DO ART. 10 DA LEI DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIV”A, RDF, vol. 3, nº 1, p. 107 - 141, jun. 2021.