A FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL: POR UMA FILOSOFIA DA LIBERDADE

  • Thais de Andrade SAVEDRA
  • Danielle de Carvalho Pacheco de MELO
Palavras-chave: Hegel. Esfera pública. Igualdade. Liberdade. Democracia.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo avaliar a concepção de esfera pública e a influência que o Estado exerce sobre esta noção. Considerando a ideia de igualdade, liberdade e Estado em Hegel, este artigo procurará demonstrar como tais conceitos, aparentemente debatidos historicamente, implicaram na concepção de sociedade civil, na dicotomia público/privado e na construção do conceito de democracia.

Biografia do Autor

Danielle de Carvalho Pacheco de MELO

Mestre em Direito Processual e Doutoranda em Direito Público pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Especialista em Direito Tributário pela Universidade Federal Fluminense. Advogada no Rio de Janeiro.

Referências

ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. 6. ed. rev., atual., Trad. Alfredo Bosi. São Paulo: Martins Fontes, 2015

ABRANCHES, Sérgio. Democracia Líquida. <https://sergioabranches.com.br/politica/325-

democracia-liquida>. Acesso em 9.09.2020.

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. 10ª ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

BARROSO, Luís Roberto. Curso de Direito Constitucional Contemporâneo: os conceitos fundamentais e a construção do novo modelo. 4ª ed. São Paulo: Saraiva, 2013.

BUTLER, Judith. Vida Precária: os poderes do luto e da violência. [tradução Andreas Lieber; revisão técnica Carla Rodrigues]. 1ª ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2019.

_______. Quadros de Guerra: Quando a vida é passível de luto? [tradução Sergio Tadeu de Niemeyer Limarão e Arnaldo Marques da Cunha; revisão de tradução de Mariana Vargas; revisão técnica de Carla Rodrigues]. 1a ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015.

DAHL. Robert A. Poliarquia: Participação e Oposição. 1. ed. Trad. Celso Mauro Paciornik. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005.

GOYARD-FABRE, Simone. Os Fundamentos da Ordem Jurídica. Trad. Claudia Berliner. Rev. Trad. Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

FISS, Owen M. A ironia da liberdade de expressão: estado, regulação e diversidade na esfera pública. Tradução e prefácio de Gustavo Binenbojm e Caio Mário da Silva Pereira Neto. Rio de Janeiro: Renovar, 2005.

HABERMAS, Jurgen. Mudança Estrutural da Esfera Pública. Rio de Janeiro: Editora Tempo Brasileiro, 1984.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. Fenomenologia do Espírito. 9. Ed. Trad. Paulo Meneses. Petrópolis: Vozes, 2011.

______. Linhas fundamentais da filosofia do direito, ou, Direito natural e ciência do estado em compêndio. Trad. Paulo Meneses ... [et ai.]. São Leopoldo, RS: UNISINOS, 2010.

KERVÉGAN, Jean-François. The actual and the rational: Hegel and objective spirit. University of Chicago Press, 2018.

LOUGHLIN, Martin. The Contemporary Crisis of Constitutional Democracy. Oxford Journal of Legal Studies, V. 39, No. 2, 2019, p. 435–454.

MORRISON, Wayne. Filosofia do Direito: dos gregos ao pós-modernismo. 2 ed. Trad. Jefferson Luiz Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 2012

SANDEL, Michael. The Tyranny of Merit: What's Become of the Common Good?. Farrar, Straus and Giroux, 2020.

WARAT, Luis Alberto. Mitos e Teorias na Interpretação da Lei. Porto Alegre: Síntese, 1979.

Publicado
23-12-2021
Como Citar
SAVEDRA, T., & MELO, D. (2021). A FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL: POR UMA FILOSOFIA DA LIBERDADE. Revista De Direito Da FAE, 4(2), 184 - 199. Recuperado de https://revistadedireito.fae.edu/direito/article/view/91