RECUPERAÇÃO EXTRAJUDICIAL COMO MECANISMO DE SUPERAÇÃO DE CRISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DO EMPRESÁRIO

  • João Victor Menine MACHADO FAE
  • Matheus Roberto CANALLE
  • Guilherme Helfenberger Galino CASSI
Palavras-chave: Recuperação Extrajudicial. Crise Econômico-Financeira. Empresário. Lei Federal 11.101/2005. Lei Federal 14.112/2020.

Resumo

O empresário, aquele que realiza a atividade empresarial, detém os riscos de mercado do negócio. Sendo assim, ele precisa de mecanismos para que, caso necessário, em períodos de dificuldades econômico-financeiras, possa enfrentá-las da melhor forma possível. Para tanto, o presente trabalho tem o escopo de apresentar o instituto da Recuperação Extrajudicial para empresários em crise, instituto que ainda é uma ferramenta pouco usada no ordenamento jurídico pátrio. Dito isto, para descrever este procedimento, fora realizada uma análise do texto da Lei Federal n° 11.101/2005, da doutrina especializada, assim como as principais alterações trazidas pela vigência da Lei Federal n° 14.112/2020, apresentando e explicando o procedimento detalhado da Recuperação Extrajudicial. Além disso, há um compilado comentado das principais matérias discutidas sobre Recuperação Extrajudicial nos Tribunais de Justiça do Estado do Paraná e do Estado de São Paulo. Por fim, conclui-se que a Recuperação Extrajudicial pode ser uma ótima forma de a sociedade empresária reerguer-se, tendo em vista ser um procedimento menos oneroso e que permite mais autonomia para as partes realizarem as novações de suas obrigações com interferência mínima do Poder Judiciário, sendo, ainda assim, igualmente eficaz.

Referências

BARROS NETO, Geraldo Fonseca de. Reforma da Lei de Recuperação Judicial e Falência - Comentada e Comparada. Rio de Janeiro. Grupo GEN, 2021. p. 199.

BRASIL. Lei n° 10.406 de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 139, n. 8, p. 1-74, 11 janeiro de 2002. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10406compilada.htm>

BRASIL. Lei n° 11.101 de 9 de fevereiro de 2002. Regula a Recuperação Judicial, a extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade empresárias. diário Oficial da União: seção 1, edição Extra, Brasília, DF, 9 de fevereiro de 2005. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11101.htm>

BRASIL. Lei n° 14.112 de 24 de dezembro de 2020. Altera as Leis nº 11.101/2005, 10.522/2002 e 8.929/1994, para atualizar a legislação referente à Recuperação Judicial, à Recuperação Extrajudicial e à falência do empresário e da sociedade empresária. Diário Oficial da União, seção 1, edição 246-B, página 23, Brasília, DF, 24 de dezembro de 2020. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/L14112.htm>

CAMPINHO, Sergio. Curso de Direito comercial - Direito de empresa. São Paulo. Editora Saraiva, 2020. p. 24.

CHAGAS, Edilson Enedino Das. ESQUEMATIZADO - DIREITO EMPRESARIAL. São Paulo. Editora Saraiva, 2021. p. 401.

CLARO, Carlos Roberto e FONSECA, Luiz Augusto Guimarães de Carvalho. DO DESENVOLVIMENTO DA LEGISLAÇÃO FALIMENTAR NO MBITO DE ACORDOS À REALIDADE DA RECUPERAÇÃO EXTRAJUDICIAL DE EMPRESAS. Revista de Direito Recuperacional e Empresa, vol. 2/2016, de outubro - dezembro de 2016.

COELHO, Fábio Ulhoa. Comentários à lei de falências e de recuperação de empresas. – 11 ed. – São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2016. p. 525-526.

COÊLHO, Marcus Vinicius Furtado. A Aplicabilidade dos Meios Extrajudiciais na Recuperação Empresarial. Cadernos FGV Projetos, n° 33, ano 13, p. 118 - 124, Setembro de 2018.

COSTA, Daniel Carnio. Comentários completos à lei de recuperação de empresas e falências. Curitiba: Juruá, 2015. p. 305.

CUEVA, Ricardo Villas Bôas. Soluções Negociadas para a Insolvência Empresarial. Cadernos FGV Projetos, n° 33, ano 13, p. 44 - 53, Setembro de 2018.

DE GOUVÊA, João Bosco C. Recuperação e Falência - Lei Nº 11.101/2005 - Comentários Artigo por Artigo. Rio de Janeiro. Grupo GEN, 2009. p. 197.

DI PIERO, Monica Maria Costa. Recuperação Extrajudicial. Recuperação de Empresas e Falência: Diálogos entre a Doutrina e a Jurisprudência. Capítulo 57, p. 795 -803.

GONÇALVES, Jonas Rodrigo e LÚCIO, Rayane Borba da Silva. Lei n° 11.101/2005: Procedimento da Falência, Recuperação Judicial e Recuperação Extrajudicial de Empresas. Revista Processus de Estudos de Gestão, Jurídicos e Financeiros. Ano XII, vol. XII, n. 42, janeiro - junho de 2021.

MAMEDE, Gladston. Falência e recuperação de empresas. – 11. ed. – São Paulo: Atlas, 2020. p. 129.

MAMEDE, Gladston. Falência e Recuperação de Empresas - Direito Empresarial Brasileiro. Rio de Janeiro. Grupo GEN, 2021. p. 255.

NAHAS, Fernando William Baunemer. Recuperação Extrajudicial: Natureza Jurídica, Modalidades e comentários sobre institutos semelhantes no Direito Estadunidense, Argentino, Francês e Português. Revista de Direito Empresarial, vol. 16/2016, p. 129-172, de julho - agosto de 2016.

NEGRÃO, Ricardo. FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS. São Paulo. Editora Saraiva, 2019. p. 256.

RAMOS, André Luiz Santa Cruz. Direito Empresarial - Ed. 7ª - Rio de Janeiro: Editora Forense; São Paulo: Método, 2017. p 1206.

SACRAMONE, Marcelo. COMENTÁRIOS À LEI DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIA. São Paulo. Editora Saraiva, 2021. p. 122.

SACRAMONE, Marcelo Barbosa. MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL. São Paulo: Editora Saraiva, 2021. p. 23.

SALOMÃO, Luis Felipe. Recuperação Judicial, Extrajudicial e Falência - Teoria e Prática. – 5. ed. – Rio de Janeiro: Forense, 2020. p. 502.

SANCHEZ, Alessandro. Direito Empresarial Sistematizado. Rio de Janeiro. Grupo GEN, 2018. p. 349.

SCALZILLII, João Pedro. Recuperação de Empresas e Falências. São Paulo: Grupo Almedina, 2018. p. 537

SILVA, PACHECO,.José. D. Processo de Recuperação Judicial, Extrajudicial e Falência, 4ª edição. Rio de Janeiro. Grupo GEN, 2013. p. 434.

TEIXEIRA, Tarcisio. Direito Empresarial Sistematizado - Ed. 8ª - São Paulo: Editora Saraiva Educação, 2019. p. 751.

TOMAZETTE, Marlon. CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL V 3 - FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS. São Paulo: Editora Saraiva, 2021. p 30.

VENOSA, Sílvio de Salvo. Direito Empresarial. Rio de Janeiro: Grupo GEN, 2020. p. 21.

VIDO, Elisabete. CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL. São Paulo: Editora Saraiva, 2021. p. 15.

WANDERLEY, Eduardo G. et al. O Novo Sistema de Recuperação Extrajudicial. Recuperação de Empresas e Falência: Diálogos entre a Doutrina e a Jurisprudência. Capítulo 58, p. 805 - 816.

ZAFFARI, Eduardo. et al. Direito Falimentar: Recuperações Judicial e Extrajudicial. Porto Alegre. Grupo A, 2021. p. 221-222.

Publicado
23-12-2021
Como Citar
MACHADO, J., CANALLE, M., & CASSI, G. (2021). RECUPERAÇÃO EXTRAJUDICIAL COMO MECANISMO DE SUPERAÇÃO DE CRISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DO EMPRESÁRIO. Revista De Direito Da FAE, 4(2), 200 - 241. Recuperado de https://revistadedireito.fae.edu/direito/article/view/92