O JOGO COMO MÉTODO ATIVO DE APRENDIZAGEM DO DIREITO PROCESSUAL CIVIL

  • Fernando Melo SCHUMAK FAE
Palavras-chave: Aprendizado ativo. Gameficação. Processo Civil.

Resumo

O engajamento estudantil é de longe o mais complicado componente à aplicação bem-sucedida do aprendizado ativo. Obter este engajamento em matérias mais pesadas, aparentemente mais pragmáticas e menos flexíveis à formulação de atividades diferenciadas de ensino exigem um professor ainda mais criativo e disposto. O presente trabalho traz alguns modelos de jogos capazes de obter tal engajamento dos alunos envolvendo-os de modo leve e divertido nos temas mais densos do Processo Civil.

Referências

DOWNS, Anthony. Uma teoria econômica da democracia. Edusp, São Paulo, 1999, pp. 25-70; 103-116; 135-162.

FARDO, M. L. (2013). A gamificação aplicada em ambientes de aprendizagem. Novas Tecnologias na Educação.

STHEM Brasil, Palestras em Congresso realizado na UNISAL, Lorena/SP. Ed. 2018.

Publicado
12-06-2019
Como Citar
SCHUMAK, F. (2019). O JOGO COMO MÉTODO ATIVO DE APRENDIZAGEM DO DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Revista De Direito Da FAE, 1(1), 124- 144. Recuperado de https://revistadedireito.fae.edu/direito/article/view/29